Primeiro pedido de impeachment de Jair Bolsonaro é entregue à Câmara
20/03/2020

O deputado distrital Leandro Grass (Rede-DF) apresentou à Câmara pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Entre os motivos, estão os constantes ataques à imprensa, aos poderes e o recente endosso às manifestações, apesar das recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS). A informação é do Congresso em Foco. Bolsonaro deveria estar de quarentena pela possibilidade de estar infectado pelo novo coronavírus, mas compareceu a um dos atos, em que tirou selfies, se deixou fotografar ao lado de cartazes contra o Legislativo e o Judiciário e pegou na mão de diversos apoiadores.

Segundo o site, Leandro Grass cita no documento cinco crimes de responsabilidade cometidos por Jair Bolsonaro: apoio e convocação às manifestações do dia 15 de março de 2020, por meio da divulgação de vídeos em redes; declaração, no último dia 9, de que as eleições gerais de 2018 foram fraudadas, cujas provas estariam em suas mãos e nunca foram apresentadas, nem no foro competente e nem para a imprensa; declarações indecorosas direcionadas à jornalista Patrícia Campos Mello, feitas no dia 19 de fevereiro; publicação de vídeo, em rede social, com conteúdo pornográfico, ocorrida no carnaval do ano de 2019 – o famoso episódio do golden shower; determinação expressa de comemoração do golpe de 1964, direcionada às Forças Armadas Brasileiras, em 25 de março de 2019.

“Desse conjunto de condutas revela-se extrema gravidade. Gravidade esta pelo reiterado desafio proposto pelo Presidente aos demais poderes – Legislativo e Judiciário, pela convocação de manifestações contra tais poderes, bem como pelo descrédito das decisões judiciais em matéria eleitoral”, disse o autor ao site.

Fonte: RBA

Foto: Poder 360